Como fazer anotações mais eficazes para os estudos


Como fazer anotações mais eficazes para os estudos

Fazer anotações durante uma aula ou durante a leitura de um livro, por exemplo, consiste em um método de estudo muito importante. Essas anotações são de grande valia em momentos de revisão.
No entanto, muitos alunos não sabem como fazer bons registros ou têm dificuldade de decidir o que anotar. Desse modo, acabam acumulando informações demais, o que torna a revisão do assunto nada prática.

1. Releia antes de anotar

Ao ler um texto, não faça as anotações logo de primeira, pois, o mais adequado é ter uma visão geral do conteúdo. A primeira leitura nos dá uma visão geral do texto, enquanto a segunda facilita a percepção das ideias mais importantes, além de ajudar na compreensão geral. Desse modo, só comece a anotar na segunda leitura do material. Anotar também a página do texto junto ao comentário para retomá-la se for necessário é também uma boa ideia.

2. Teça comentários

Muitos costumam ler fazendo marcações. Essa técnica pode ser muito proveitosa para uma posterior leitura scanning, que consiste em uma varredura do texto em busca de informações objetivas.

No entanto, para que o estudo seja mais eficaz, o melhor é não só sublinhar, mas também tecer comentários sobre o trecho destacado. Para isso, você pode usar as margens do texto, notas autoadesivas, ou, se for uma leitura em tela, abrir uma caixa de comentário. A memorização e a fixação terão maior eficácia.

3. Foque no tópico que o professor destacar

Quando as anotações forem referentes a uma aula ou a um texto cujo assunto já foi abordado pelo professor, mantenha o foco no que ele destacou. Os professores costumam chamar atenção para os tópicos mais importantes durante a aula, anote-os sempre.

Por outro lado, se você não consegue prestar atenção à fala do professor e anotar ao mesmo tempo, o melhor é parar para ouvi-lo com atenção. Posteriormente, você poderá tecer comentários por escrito.


Deixe seu Comentário