Bolsonaro autoriza concurso da Polícia Federal 2020 com 2 mil vagas


Bolsonaro autoriza concurso da Polícia Federal 2020 com 2 mil vagas

Cresce a expectativa de abertura do novo edital de concurso público da Polícia Federal. Nesta quinta-feira, 20 de agosto, o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou que o concurso PF já está autorizado. O aval foi feito de maneira extraoficial e contempla 2 mil vagas para a área Policial.
                                                                             
A declaração do presidente foi dada durante sua live. De acordo com Bolsonaro, ele se reuniu com o diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre, com o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e também com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que decidiram pelo aval do concurso.

Além da Polícia Federal, Bolsonaro confirmou que a Polícia Rodoviária Federal também vai abrir novo concurso. No entanto, ele ainda não confirmou o aval para a PRF.

"A pedido do próprio do diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre, nós conversamos com o ministro da Justiça André Mendonça e com Paulo Guedes. Foi autorizado a abertura de concurso para 2 mil policiais federais. Com toda certeza a PRF também vai ter abertura de concurso para breve de modo que seus quadros permaneçam cumprindo com o seu dever", disse o presidente.

Agora, o próximo passo será a publicação da autorização do concurso público da Polícia Federal no Diário Oficial da União, com assinatura do ministro da Economia, Paulo Guedes. No documento vai constar o prazo de abertura de até seis meses para publicação do edital.

No dia 2 de agosto, Bolsonaro já havia confirmado o preenchimento de 2 mil vagas na PF. A declaração foi dada por meio de seu Instagram.

"No corrente ano a Polícia Federal contará com mais 600 profissionais, bem como o novo Ministro da Justiça anunciou novo concurso para mais 2.000 vagas", disse o presidente em seu perfil.

Distribuição das vagas do concurso PF

Área policial
1.016 vagas de agente;
600 vagas de escrivão;
300 vagas de delegado; e
84 vagas de papiloscopista.

Área administrativa
Administrador - 21 vagas
Arquivista - 08 vagas
Assistente social - 10 vagas
Bibliotecário - 01 vaga
Contador - 09 vagas
Economista - 03 vagas
Enfermeiro - 03 vagas
Engenheiro - 01 vaga
Estatístico - 04 vagas
Farmacêutico - 01 vaga
Médico - 65 vagas
Nutricionista - 01 vaga
Odontólogo - 11 vagas
Psicólogo - 05 vagas
Técnico em assuntos educacionais - 13 vagas
Técnico em comunicação social - 03 vagas
Agente administrativo - 349 vagas


Deixe seu Comentário